Akropus Bioarchitecture

Identidade Visual | 2021


Um estúdio de arquitetura contemporânea focado em projetos sustentáveis, com um DNA enraizado na paisagem e no modo de vida australiano. Criado para se integrar harmoniosamente com o meio ambiente, o estilo de design é inspirador, contemporâneo e funcional.

Arquitetura culturalmente sustentável

A Akropus projeta e constrói para a sustentabilidade, com uma proposta de construções verdes, que leva em consideração os impactos ambientais em todo o ciclo de vida de um edifício, desde o planejamento até sua execução. O propósito é desenvolver uma arquitetura culturalmente sustentável, com a criação de espaços sensíveis, que respeitam o meio e melhoram a vida dos usuários.

As construções reforçam os princípios da bioarquitetura, que busca incorporar a natureza à arquitetura, com eficiência hídrica e energética, uso de materiais sustentáveis, construção ecológica e minimização de resíduos, gerando o mínimo impacto ambiental, mais conforto e economia.


Cada projeto arquitetônico é desenvolvido com uma mentalidade de "design total" que considera não somente a beleza estética, mas a funcionalidade prática e a preservação das paisagens culturais.

O desafio foi projetar, visualmente, uma marca que sintetiza esses ideais de uma arquitetura moderna e sustentável, que cria ambientes para o futuro, que preserva e promove identidades locais. Uma marca que carrega a essência do design australiano, que busca recursos e oportunidades que a natureza apresenta para solucionar problemas visando o bem-estar humano.

Identidade Visual

A criação do naming e o conceito da marca tiveram como inspiração a relação entre os pilares da arquitetura e a natureza australiana, trazendo como marca secundária o canguru, ícone cultural e de preservação ambiental do país. É um elemento ligado à identidade australiana, que personifica força, acolhimento, capacidade adaptativa e proteção.

Para construção dos símbolos, foi utilizada a técnica da proporção áurea, presente na arquitetura grega quanto em elementos da natureza. É uma proporção única, considerada como representação de um ideal funcional e estético. A opção pelo uso da forma triangular foi influenciada pela estética das casas, quanto de edifícios clássicos, como o Federation Square, em Melbourne.

Na concepção da forma, o uso do triângulo representa o equilíbrio da tríade arquitetura - cultura - sustentabilidade, que orienta o posicionamento da marca. As linhas entrecruzadas remetem ainda à arquitetura paramétrica.

A paleta de cores faz referência aos materiais naturais e sustentáveis utilizados nos projetos, como bambu, adobe, taipa, pinus, eucalipto, concreto biofílico e aço.